Sim, o yoga altera os genes (e assim se trabalha a longevidade)

naom_5bd34e78cc6c6.jpg

Várias são as vantagens do yoga, e não só a nível de relaxamento, e há mais um estudo que o prova.

Yoga, meditação e modalidades semelhantes que se associem à prática do mindfull “podem mesmo reverter as alterações nos genes relacionadas com o stress que se devem a uma má saúde e depressão”, lê-se na Time.

As conclusões advém de um estudo britânico agora publicado no ‘Frontiers in Immunology’ que partiu de 18 estudos anteriores para perceber os efeitos que tais modalidades trazem a nível de expressão genética – a suposição mais optimista confirmou-se.

Este é um tema particularmente relevante de se analisar na sociedade actual, onde o stress está bem presente e tem vindo a reverter os efeitos de certos tipos de inflamação que eram anteriormente vistos como positivos por darem um ‘boost’ ao sistema imunitário mas que, pelos elevados níveis de stress e ansiedade, passaram a levar a danos mais graves, uma realidade que se altera aquando da prática de yoga.

Em conclusão, um dos autores do estudo explica que a relação entre genes não é estática e que a actividade do próprio ADN pode depender das formas como cada um actua no sentido de melhorar o seu bem estar. “Ao escolher hábitos saudáveis diariamente, somos capazes de criar um padrão de actividade genética mais benéfica à nossa saúde. Mesmo 15 minutos de prática de algum exercício de mindfulness parece ter efeitos”, garante.

Autora: Mariana Botelho Foto: © iStock

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s