Conto Budista | O Monge na Árvore

Um monge tinha o costume de meditar sobre uma árvore.

A fim gozar do monge, um viajante dirigiu-lhe a palavra:

Viajante: É perigoso para um senhor de idade ficar em cima de uma árvore, não?

Monge: Quem corre perigo de verdade é você, que não está procurando o caminho da iluminação.

Percebendo que o monge não era qualquer um, o viajante resolveu perguntar num tom mais sério.

Viajante: Qual a essência do Budismo, em poucas palavras?

Monge: Faça o bem e deixe de fazer o mal.

Viajante: Ora, só isso? Uma criança de três anos consegue entender…

Monge: Sim, uma criança de três anos entende. Porém, um ancião de 80 anos não consegue fazer.

Após um longo diálogo sobre a iluminação e o budismo, o viajante tornou-se um discípulo do monge.

Por vezes, os assuntos possuem uma profundidade maior do que aquela que pensamos por desconhecimento. Nem tudo é superficial.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s