Meditação do Amor

Primeiro para si, depois para alguém próximo, depois para um grupo de pessoas neutro, depois para alguém com quem temos dificuldade de nos relacionar. Prática deixada por Buda, adaptada por Buddhagosha e mais recentemente pelo mestre Thich Nhat Hanh

“Que eu seja pacífico, feliz e leve de corpo e espírito.
Que eu possa estar seguro e livre de traumas e acidentes.
Que eu fique livre da raiva, aflições, medo e ansiedade.

Que eu aprenda a olhar para mim mesmo com os olhos do entendimento e do amor.
Que eu seja capaz de reconhecer e tocar as sementes de alegria e felicidade em mim mesmo.
Que eu aprenda a identificar e ver as fontes de raiva, desejo e ilusão em mim mesmo.

Que eu saiba nutrir as sementes da alegria em mim mesmo todos os dias.
Que eu possa viver revigorado, estável e livre.
Que eu esteja livre de apego e aversão, mas não indiferente.”

Thich Nhat Hanh no livro Ensinamentos sobre o Amor

3 thoughts on “Meditação do Amor

  1. Gosto de ler as mensagens que transmitem. Fico em paz comigo sobretudo em momentos difíceis. A guerra da Ucrânia tem provocado perturbações grandes no meu bem estar porquanto me faz recordar o tempo de guerra que fiz em Angola era eu um jovem… Obrigado!

    Obter Outlook para Android

    ________________________________

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s