Compaixão sem apego é possível | Dalai Lama

Compaixão sem apego é possível. Portanto, precisamos esclarecer as distinções entre compaixão e apego. A verdadeira compaixão não é apenas uma resposta emocional, mas um compromisso firme baseado na razão. Por causa dessa base sólida, uma atitude verdadeiramente de compaixão em relação aos outros não muda, mesmo que eles se comportem negativamente. A compaixão genuína não se baseia nas nossas próprias projeções e expectativas, mas nas necessidades do outro: independentemente de outra pessoa ser um amigo próximo ou um inimigo, desde que essa pessoa deseje paz e felicidade e deseje superar o sofrimento, então, nessa base, desenvolvemos uma preocupação genuína pelo problema deles. Isso é compaixão genuína. Para um praticante budista, o objectivo é desenvolver essa compaixão genuína, esse desejo genuíno pelo bem-estar do outro, na verdade, para todos os seres vivos em todo o universo.

Dalai Lama

2 thoughts on “Compaixão sem apego é possível | Dalai Lama

    • Temos de continuar a ter compaixão e empatia. É a nossa responsabilidade enquanto indivíduos que acreditam no Bem. De certa forma, somos os guardiões dessa visão peculiar.

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s