Tag Archive | Gratidão

Faça a Terapia da Gratidão

Há motivos fortes, para deixar de se focar no que queria ter ou ser e começar a agradecer. As coisas materiais e as imateriais!

transferir (1)

Na exigência que impomos a nós mesmos, nunca nada é suficientemente glorioso, visível ou importante. Desvalorizamos as pequenas conquistas, que são passos gigantes para afirmar o nosso valor único e a nossa capacidade de ver para além do momento presente, para além das crises que enfrentamos. Desvalorizamos pequenos momentos que nos devolvem a capacidade de acreditar na vida, de acreditar na nossa força infinita para fazer a mudança.

Ao desvalorizarmos o que já temos, por pouco que isso nos possa parecer, tudo se torna irrelevante. Começamos a achar que apenas somos felizes se tivermos mais ou se as coisas forem diferentes. Achamos que, para estarmos gratos, algo de extraordinário tem de acontecer. Um aumento de salário, um carro novo, uma cura milagrosa das nossas dores emocionais, uma saúde de ferro, férias paradisíacas.

Enquanto nos sentirmos incompletos, enquanto sentirmos que ainda não é suficiente, afastamos a gratidão e com ela a capacidade inata de valorizar algo tão simples como o facto de estarmos agora, aqui, a respirar. Nem sequer estamos a falar em presentes, objectos que se recebem e que acabamos por agradecer de forma quase intuitiva. É mais do que isso!

O que sabe a ciência

A gratidão é inata ao ser humano, embora apenas, em 2001 a psicologia positiva lhe tenha começado a dirigir maior atenção em termos de estudo. Concluiu-se, nomeadamente, a existência de uma relação positiva entre gratidão e bem-estar subjectivo, bem como entre a gratidão e a qualidade das nossas relações interpessoais.  A gratidão influencia de modo positivo a vida, as relações e o bem-estar dos sujeitos que a sentem e a praticam.

É neste sentido que vão, também, os estudos do psicólogo Martin Seligman que concluiu existir uma relação directa entre a prática da gratidão e a felicidade que sentimos. É uma emoção positiva que amplia o sentimento de bem-estar emocional. Experienciada e praticada, transforma a nossa vida para melhor. Torna-nos mais criativos, mais resilientes, mais saudáveis, mais felizes e socialmente mais integrados, concluíram estudos conduzidos por Barbara Fredrickson, professora de psicologia.

Porque é difícil sentirmo-nos gratos?

Porque temos de aprender a ser gratos, mesmo quando as coisas não correm bem. Mesmo quando a vida não corresponde àquilo que esperávamos. Raramente nos ensinaram o poder da gratidão, a olhar para as pequenas vitórias do dia a dia e para as coisas boas que já temos.  Um simples duche quente no fim de um dia extenuante. Um abraço dos nossos filhos. A lista é longa.

O sorriso de alguém que se cruza connosco na rua. O nosso sofá, onde nos enroscamos numa tarde de chuva.  Os amigos que nos telefonam para saber como estamos. O nosso carro, que pega de manhã. Temos tanto para agradecer às pequenas coisas que já temos e que damos como adquiridas, que já não lhes prestamos atenção.

O ciclo da gratidão

A gratidão não depende do estatuto social, do valor do nosso salário, do cargo que ocupamos, de termos ou não um curso superior. A gratidão não depende das marcas que usamos, dos sítios onde passamos férias ou do nosso carro. É um sentimento que temos (ou não temos), independentemente das nossas condições materiais, sociais ou educacionais.  A gratidão cura as nossas emoções e, através da cura emocional, curamos a nossa vida.

Quanto mais gratidão sentimos, mais a nossa vida melhora. Trata-se de uma mudança de percepção face ao que já temos.  Ao elevarmos o nosso nível de gratidão aumentamos as emoções positivas que sentimos e começamos a focar-nos nos pontos positivos em detrimento dos aspectos negativos. Desta forma, praticar a gratidão significa passarmos a ter ainda mais coisas pelas quais nos sentimos gratos.

O que nunca pensou agradecer mas devia:

– Relações falhadas

Cada relação que termina é uma oportunidade única para praticar o perdão e para conhecer novas pessoas que façam realmente  sentido na sua vida.

– O ter-se desapegado

De pessoas e profissões aniquilantes que já não contribuíam para a sua felicidade. Se agora tem pouco, vai ter mais. Se já tem muito, vai ter mais. A gratidão é uma emoção win-win.

– Estar a ler este artigo

Ter tempo para isso. Mais, estar a ler, sem ser em braille. Talvez esteja em casa, no cabeleireiro, na sala de espera de um consultório. Agradeça. Está a ler por si mesma.

– Sentir o vazio de amor, de tempo, de amizade, de sentido de vida

Agradeça a oportunidade que o vazio lhe oferece. Se sentir que tem pouco, agradeça o pouco. Significa que tem um campo imenso à sua frente, para produzir mais, para amar mais, para voltar a apaixonar-se. Tem espaço vazio para tudo isso.

– Erros e medos

Reconheça-lhes valor pois existiram para o fortalecer. Precisou deles para ultrapassar obstáculos em determinada altura da sua vida.

Texto: Teresa Marta

Sabia que a Gratidão pode mudar a sua Realidade ?

images

Sabia que possuímos um radar interno que é orientado para levar-nos para o nosso lugar neste Universo? Sim, ele existe!

Agora eu faço-te outra pergunta: qual é o contexto interno que está alimentando? Se não sabe, eu vou ajudar-te: se está sempre está com medo, achando que tudo está contra si, ou se sente inseguro no mundo, o seu contexto interno é de negatividade. E portanto, o seu radar interno, que funciona como uma bússola, vai levar-te para onde tem cultivado. Se  nutre-se de negatividade, sempre encontrará mais negatividade na sua vida. E uma incoerência que acontece muito com qualquer pessoa é que por mais que a gente deseje ter uma vida mais positiva, o nosso inconsciente busca incessantemente pelo que está errado, pelo que não funciona porque essa é a forma que interpreta a sua realidade.

E, do contrário, se o seu contexto interno é de leveza, alegrias e entendimento, a vida vai sempre levar-te para onde encontra isso de volta! Ou seja, se a gente nutre-se de positividade, a nossa vida sempre vai levar-nos a encontrar com aspectos positivos. E será levado para aquilo que é seu e para aquilo que irá realizar-te

E aqui está a grande questão: COMO CONSEGUIR NUTRIR-SE DE ALGO POSITIVO? Esse é o segredo dessa questão: Consegue desprogramar o condicionamento negativo da sua consciência praticando a GRATIDÃO! A gratidão permite mudar o nosso padrão cerebral e então, o seu radar irá buscar o que agradece, porque o seu contexto interno mudará. O acto de agradecer é muito mais poderoso do que imaginamos. E para isso, temos alguns passos para serem seguidos para que a gratidão ajude a reverter esse padrão de consciência:

– Escrever sempre no mesmo horário, motivos pelos quais é grato;

– Comece esta lista com 5 motivos;

– A cada dia, no mesmo horário, inclua um novo motivo;

– Revisionar diariamente os motivos anteriormente;

– Manter a lista por 1 ano.

Gratidão1

O processo de agradecimento é muito poderoso e possibilita desprogramar a percepção de realidade. E na medida em que agradece, o seu sistema neural aprende a dar prioridade dessa nova perspectiva que no caso, os motivos pelos quais é grato. E o que agradecemos? Agradecemos por quando algo bom acontece, sente-se pleno, por coisas positivas. E assim mudamos a nossa dinâmica de vida.

Eu sou grata por todos que me acompanham. Eu sou grata pela minha vida. Pela minha família, por todos meus relacionamentos. Sou grata pela minha saúde. Sou grata por poder ter essa oportunidade de evoluir. Sou grata por ser quem sou. E desse lado?

“A gratidão é a memória do coração”

Antístenes de Atenas

Os benefícios da Gratidão para aliviar o stress

benefíciosdagratidão

Há pessoas que são capazes de manter uma atitude bastante positiva independentemente do que estiver acontecendo em seu redor. São capazes de concentrar-se no positivo, inclusive em momentos muito negativos. Esse tipo de pessoa é capaz de ver algo bom inclusive nas pessoas que mais se escondem, de encontrar uma oportunidade nas circunstâncias mais complicadas, de apreciar o que possuem inclusive quando têm pouco ou perderam algo. Lendo isso, muitos vão perguntar “Como é possível conseguir manter uma atitude positiva, inclusive em momentos de grande stress? É possível cultivar essa atitude positiva nesses casos?”

Felizmente, a resposta é sim. É possível cultivar essa atitude positiva pois, ainda que tenhamos nascido com certa propensão a desenvolver um determinado carácter, o cérebro é um músculo que pode ser treinado, e é possível reforçar a tendência natural da mente em direcção ao optimismo.

Dessa forma, enquanto vários factores influenciam a capacidade de recuperação emocional e o optimismo, os estudos mostram que o cultivo da gratidão pode ajudar a manter um estado de ânimo mais positivo na vida quotidiana e contribuir para um bem estar emocional maior, que também trará benefícios sociais.

Cultivar a gratidão é um dos caminhos mais simples para obter uma maior satisfação geral com a vida e um maior sentido da felicidade. As pessoas com um maior nível de gratidão tendem a ter relações mais sólidas, já que apreciam mais seus entes e amigos queridos e estes, ao se sentirem apreciados, mostram também uma atitude de apreço ao outro.

Como cultivar a gratidão

Em primeiro lugar, é importante se dar conta dos momentos nos quais começamos a sentirmo-nos stressados por alguma coisa que não gostamos. Uma boa prática é tentar pensar em várias coisas positivas pelas quais podemos nos sentir gratos. Quanto mais lembrarmos a nós mesmos os aspectos positivos das coisas com maior facilidade, desenvolveremos essa atitude positiva, inclusive em casos de grande stress.

Outra atitude interessante consiste em não nos compararmos a ninguém. Essas comparações costumam ser completamente desnecessárias e não fazem mais do que aumentar o nosso nível de stress. A razão é porque tendemos a nos comparar com outros que estão mais próximos dos nossos ideais e, em vez de ver neles a nossa inspiração, o que acontece é que acabamos nos sentindo inferiores e sentindo cada vez mais inveja. Entretanto, nesses casos, podemos optar por nos comparar a pessoas que possuem menos, e nos sentirmos agradecidos pelo que temos, ainda que, aparentemente, não seja muito. Poderemos descobrir riquezas muito mais além do material e virtudes mais interessantes que as meramente físicas.

Por último, um bom costume para cultivar a gratidão é manter um diário de gratidão, que ajudará a manter uma atitude positiva diária. Além disso, poderá servir para obter uma fonte de inspiração positiva em momentos negativos, que será muito valiosa, já que é fruto da nossa própria existência.

Camila Negreiro

O Maior Factor de Felicidade ( E muitos sabem bem sobre isto )

Muitos não sabem, alguns já sabem ! Este simples acto, esta simples forma de ser, tem um efeito tão poderosa que é capaz mesmo de mudar muita coisa em nós. Este vídeo é dos mais bonitos e surpreendentes sobre a Gratidão. Veja, sinta e reflicta e partilhe com todos aqueles pelo qual sente este sentimento tão magnifico e único !